Coca-Cola FEMSA Brasil apresenta projeto Geração + Verde na 18ª Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas

Evento apoiado pela fabricante e aberto à população ocorreu no dia 23 de agosto na Câmara Municipal de São Paulo

22

Com a missão de gerar valor econômico, ambiental e social em todos os lugares em que opera a Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas participou da 18ª Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas pela 1ª vez e este ano ganhou destaque como parceiro especial do evento.

A conferência foi gratuita e foi sediada na Câmara Municipal de São Paulo no dia 23 de agosto, contando com exposição de um stand sobre o projeto Geração + Verde da FEMSA, que visa o plantio de 600 mil árvores até 2020 em São Paulo e áreas de mananciais que abastecem a região. Além disso, no dia da conferência houve educadores ambientais da SOS Mata Atlântica, parceira da iniciativa, que explicaram  o projeto, expuseram uma maquete sobre a importância da preservação da mata atlântica e distribuíram 500 mudas de árvores para a população presente.

“Participar de uma iniciativa deste porte reitera o compromisso da Coca-Cola FEMSA Brasil na busca por um mundo melhor para todos. É nossa missão fornecer informações de qualidade à população do que já vem sendo feito em prol do meio ambiente e o que podemos fazer juntos para ir além” afirma Wanessa Scabora, Gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da Coca-Cola FEMSA Brasil.

A Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas acontece há 18 anos em São Paulo e tem como objetivo intermediar o diálogo entre cidadãos, instituições, iniciativa privada e governo, para aprofundar a discussão sobre os três pilares da sustentabilidade: ambiental, econômico e social e propor políticas públicas e legislações de caráter mais objetivo e resolutivo. Esse evento é fruto da lei de autoria do vereador Gilberto Natalini (PV), que é o proponente e presidente da Conferência.

A edição deste ano tem como tema “Economia Verde”, assunto que foi debatido por autoridades de diversas áreas do governo estadual e municipal e entidades da sociedade civil. A palestra magna foi ministrada pelo economista e professor Ricardo Abramovay. Na ocasião também foi entregue o Prêmio Responsabilidade Sócio Ambiental outorgado pela Câmara Municipal de São Paulo.

PUBLICIDADE
COMPARTILHAR