O Torino estreou no último sábado, dia 2, uma camisa verde. No entanto, não se trata de nenhuma mudança histórica do clube que continuará venstindo grená como cor principal. O uniforme da equipe de Turim é unica e exclusivamente uma homenagem à Chapecoense.

No fim do mês de novembro completou-se um ano da tragédia que assolou o time catarinense. Pensando em homenagear o time, o Torino confeccionou um novo uniforme, que estreou a camisa no empate por 1 a 1 contra a Atalanta, em partida válida pela rodada do Campeonato Italiano.

O clube italiano ainda vai ser caridoso. De acordo com a assessoria do Torino, 1.500 camisas verdes foram colocadas à venda para os torcedores, e o dinheiro arrecadado com as vendas será inteiramente doado às famílias das 71 vítimas do acidente aéreo.

Vale ressaltar que mesmo os clubes não tendo camisas da mesma fornecedora de material esportivo (a Chape veste Umbro, enquanto o Torino usa Kappa), isso não foi um problema para que a camisa fosse fabricada.

Assim como a Chapecoense, o Torino tem também um acidente aéreo trágico em sua história. Em 1949, após um amistoso em Portugal, contra o Benfica, o avião que trazia a delegação de volta à Itália caiu e matou todas as 31 pessoas a bordo. O fato fez com que a seleção italiana, com medo, viesse de navio para a Copa do Mundo de 1950, no Brasil.

PUBLICIDADE