Hoje, dia 27, começa a fase de grupos da principal competição de clubes da América Latina, a Copa Libertadores. 32 times iniciam a busca pela tão sonhada taça. As primeiras partidas da competição acontecem às 19h15, e são dois confrontos: Monagas-VEN x Cerro Porteño-PAR e Defensor-URU x Grêmio-BRA.

O Brasil é o país com mais equipes na competição, com sete times. A Argentina tem seis equipes, seguida por Colômbia, com quatro times. Logo atrás vem Equador e Uruguai, com três equipes cada. Bolívia, Chile, Paraguai e Peru tem dois times cada, e a Venezuela tem apenas uma equipe na competição.

O Jogada de Marketing, em parceria com a La Sette Sports, fez um levantamento sobre qual fornecedora de material esportivo entrará mais vezes em campo nesta edição da Copa Libertadores.

A alemã Adidas e a inglesa Umbro são as marcas com mais equipes na fase de grupo, com sete times cada.

Adidas: River Plate-ARG, Flamengo-BRA, Palmeiras-BRA, Universidade do Chile-CHI, Millonarios-COL, Emelec-EQU e Deportivo Lara-EQU.

Umbro: Atlético Tucumán-ARG, Estudiantes-ARG, Grêmio-BRA, Cruzeiro-BRA, Santos-BRA, Santa Fé-COL e Nacional-URU. Vale ressaltar que a Umbro foi a marca que mais se “beneficiou” com a pré-Libertadores, pois duas equipes foram classificadas na fase eliminatória: Santa Fé-COL e Nacional-URU.

O segundo lugar ficou com a Nike. A marca americana tem seis equipes na competição: Boca Junior-ARG, Corinthians-BRA, Atlético Nacional-COL, Cerro Porteño-PAR, Libertad-PAR e Alianza Lima-PER.

Puma e Walon tem duas equipes cada: Independiente-ARG e Peñarol-URU vestem Puma, enquanto The Strongest-BOL e Real Garcilaso-PER vestem Walon.

A competição ainda conta com outras oito marcas: Diadora no Vasco-BRA, Joma no Bolivar-BOL, Kappa no Racing-ARG, Kiukak no Monagas-VEN, Mass no Defensor-URU, New Balance no Junior Barranquila-COL, Spyro no Delfin-EQU e por fim a Under Armour aparece com o Colo Colo-CHI.

Em 2017, a Umbro foi campeã ao lado do Grêmio. Em 2018, quem levantará a taça?

PUBLICIDADE