Quem passa pelas lojas da Patroni já pode notar uma movimentação diferente em volta do seu forno a lenha. Os pizzaiolos retiram do forno não mais só pizzas, mas também costelas suínas e galetos. De acordo com Rafael Augusto, diretor de marketing da rede, a iniciativa é inédita dentro das praças de alimentação de shoppings. “Com essa mudança conseguimos agregar mais valor para a marca e atingir um público mais exigente”, diz.

A nova linha de pratos Especiais terá um ticket médio de R$ 35. A ideia é dar mais rentabilidade para os franqueados e conquistar ainda mais espaço dentro das praças de alimentação dos shoppings. O setor de gastronomia passou por mudanças desde que o paulista Rubens Augusto Júnior fundou a Patroni em 1984. Por isso, no ano em que a rede completa 35 anos, a franquia passa a oferecer um menu completamente reformulado para seus clientes.

Outra novidade é quanto às novas Pizzas Don Patroni – item que representa 23% das vendas de Pizzas – nas versões: Tradicional, Bacon e Catupiry. Os lançamentos da Costela e Galeto Patroni feitos em forno a lenha, além do Chorizo Argentino e das Batatas Rusticas com Cheddar e Bacon, fecham o pacote de apostas da rede para ganho de mercado e faturamento adicional em 2019.

Outro item de grande reputação na rede é Parmegiana. Para este ano, ele vem na versão Catupiry – com molho sugo Patroni e gratinado com parmesão. “O setor gastronômico é muito competitivo. É preciso ter originalidade para estar no radar dos clientes que buscam entretenimento e experiência de consumo”, diz o executivo.

Com intuito de equilibrar os custos dos produtos, a franquia também fez um planejamento estratégico. “Revisamos o mix para reduzir o CMV (Custo de Mercadoria Vendida Médio). Saem 12 itens de estoque e 22 itens do cardápio. Atualizamos a plataforma de massas e ajustamos a Linha Leve”, diz o diretor de marketing.

Nos meses de fevereiro e março, a rede já inicia seu plano para ganho de mercado: A promoção “Tiro Certo no Almoço” oferece itens caseiros como o famoso Strogonoff Patroni, além de Massas por preços agressivos que variam de R$ 16.90 a R$ 19.90. “Montamos nossa estratégia com apoio do Fundo de Marketing na ativação das lojas, e da Cozinha Central Patroni, subsidiando insumos para a rede. Estimamos um ganho de 15% a 20% no numero de clientes atendidos.”

O plano prevê ainda ativações semelhantes no mês das mães e no mês da Pizza (Julho) neste primeiro semestre. A Patroni conta com mais de 200 unidades em todo o Brasil e um faturamento de R$ 500 milhões. A rede emprega aproximadamente 370 pessoas entre a cozinha, responsável por produzir os principais pratos da rede e distribuir para as franquias, e o escritório da franqueadora.

PUBLICIDADE
COMPARTILHAR