A Booking.com, uma das maiores empresas de e-commerce do mundo e líder em tecnologia digital, anunciou as vencedoras do Technology Playmaker Awards 2019. Em seu segundo ano, os prêmios reconhecem mulheres em todo o cenário tecnológico global que estão abrindo novos caminhos, criando produtos inovadores e experiências, com impacto positivo nas comunidades e inspirando gerações futuras. Na noite passada, em uma cerimônia de gala em Londres, Reino Unido, oito premiações foram feitas, incluindo sete prêmios na categoria individual, um prêmio na categoria empregador, e o prêmio anual global do Technology Playmaker Awards 2019.

Foram vencedoras uma empresária do México, que criou um sistema que detecta a localização de sobreviventes após um terremoto; a fundadora de uma ONG, cujo objetivo é tirar jovens e mulheres da pobreza, por meio de educação tecnológica e empoderando professoras como agentes de mudança; a criadora de um dispositivo que permite que as mulheres façam exame de detecção de câncer de colo de útero em casa; e a líder de um movimento global que ensina meninas sobre codificação, inteligência artificial e robótica. A vencedora de cada categoria recebeu um prêmio de €5.000, e a vencedora do Technology Playmaker of the Year, selecionada entre as vencedoras individuais, recebeu mais €10.000. As sete categorias reconheceram as contribuições das mulheres em tecnologia, em áreas relacionadas ao impacto positivo dos negócios, o uso inovador de ferramentas digitais e de tecnologias emergentes, o impacto na comunidade e as práticas sustentáveis, o talento tecnológico crescente e uma organização que demonstra um comprometimento para alcançar a diversidade de gênero em TI e tecnologia.

As vencedoras do Technology Playmaker Award 2019 da Booking.com são:

  • Impacto na Comunidade – Martha Omoekpen Alade (Nigéria), fundadora da Women in Technology in Nigeria (WITIN), uma ONG que utiliza a tecnologia para impulsionar o empoderamento socioeconômico na Nigéria, a fim de ajudar 20.000 mulheres e jovens a saírem da pobreza até 2022
  • Exemplo a ser seguido – Linda Liukas (Finlândia), fundadora da Rails Girls
  • Líder de Negócios – Beena Ammanath (EUA), Vice-Presidente de Inteligência Artificial, Dados e Inovação na HPE, e Fundadora e CEO da Humans for AI, uma empresa sem fins lucrativos com foco no aumento da diversidade em tecnologia, por meio do uso de inteligência artificial
  • Jovem Tecnóloga – Betelhem Dessie (Etiópia), fundadora e CEO da Anyone Can Code (ACC), em conjunto com a iCog Labs, empoderando crianças e jovens adultos a inovarem por meio de codificação, inteligência artificial e robótica, com objetivo de resolver os problemas da sociedade por meio da tecnologia
  • Inovação em Tecnologia – Sophie Hombert (França), fundadora da Aglaé, primeira empresa de plantas luminescentes, desenvolvendo um sérum nutritivo e biodegradável, que causa um efeito luminescente nas plantas
  • Liderança Digital – Jill Zeret Jiménez Rodríguez (México), fundadora da Zytreon Tecnología Infinita, empresa de tecnologia que lançou um sistema de detecção para localizar sobreviventes após terremotos
  • Prêmio na Categoria Empregador 1 Million Women to Tech (EUA) é um programa de educação tecnológica global, dedicado a alcançar um milhão de mulheres com educação de codificação gratuita até janeiro de 2020

Segundo Gillian Tans, CEO da Booking.com, “Recebemos indicações excepcionais e de alto nível de todas as partes do mundo, e é com muito prazer que parabenizo todas as nossas finalistas e vencedoras inspiradoras. As suas histórias destacam a amplitude e importância das conquistas que mulheres de todas as fases de suas carreiras em tecnologia alcançam todos os dias…”. “Reconhecemos a necessidade destacarmos os modelos de comportamento na indústria de tecnologia, e decidimos criar um fórum para reunir profissionais líderes em tecnologia, com diferentes experiências para troca de ideias e perspectivas, assim como fazer conexões para inspirar gerações futuras e alcançar igualdade na representação de gêneros para as mulheres na área de tecnologia.”

“Estou completamente impressionada por receber tanto o prêmio na categoria Exemplo a Ser Seguido como o prêmio Technology Playmaker do Ano de 2019. Iniciativas como essa ajudam as mulheres a se sentirem mais reconhecidas no geral, bem como ajudam a estabelecer relações duradouras entre essas mulheres brilhantes que trabalham na indústria da tecnologia, que pensam parecido e estão mudando o mundo”, disse Linda Liukas, vencedora do prêmio 2019 do Technology Playmaker of the Year, da Booking.com. “Tecnologia, para mim, é sobre auto expressão, criatividade e alegria. Mulheres têm muito o que oferecer ao mundo da tecnologia e geralmente erram ao tentarem se encaixar demais. No momento que eu decidi me deixar levar pela minha própria criatividade e possibilidade, eu comecei a construir uma carreira que se parece comigo.”

Este ano, a premiação foi aberta a indicações globais, atraindo centenas de inscrições de mais de 60 países. No ano passado o foco foi na Europa.

A cerimônia de premiação e o jantar de gala em 13 de março incluiu discursos de Eileen Burbidge, MBE e sócia na Passion Capital, empresa de capital de risco, e Hadeel Ayoub, CEO da BrightSign, uma startup de tecnologia assistiva que criou uma luva inteligente que ajuda pessoas com deficiências verbais a se comunicarem. Hadeel foi reconhecida no Technology Playmaker do Ano de 2018.

O painel de jurados foi presidido por Gillian Tans, e incluiu líderes de multinacionais de tecnologia, acadêmicos e startups, incluindo Skyscanner, WeTransfer, Amazon Web Services, Spelman College, Delft University of Technology, NeuralBay, Wormhole e All Turtles, assim como representantes do Parlamento Europeu e do Financial Times.

Para mais informações sobre as vencedoras, visite: http://techplaymakerawards.com/this-years-winners

PUBLICIDADE