ARTIGO – O que esperar do mercado de vídeos para o próximo ano?

Por Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech

37
PUBLICIDADE

Se pararmos para fazer um balanço de 2017, eu diria que foi um ano positivo, mesmo diante da instabilidade econômica e política que o país ainda vive. Pudemos educar o mercado, incentivar o uso de vídeos nos negócios e proporcionar horas de conteúdos concentrados em um evento focado no mercado de vídeos on demand (VoD) para mostrar, de fato, o crescimento e os benefícios que o segmento proporciona para os empreendedores.

Muito se falou de venda de conteúdo por meio dos vídeos online, o que chamamos de vídeo business, e continuo acreditando que para os próximos anos a tendência é essa – apostar na tríade: raridade, relevância e qualidade. Essa é a fórmula eficaz para quem quer sair na frente com um negócio de vídeos online bem estruturado. Por outro lado, quando o assunto é a comercialização desse conteúdo, sabemos que conquistar o consumidor organicamente está cada vez mais difícil. Por isso, investir em uma rede de afiliados, por exemplo, pode ser uma ótima estratégia para escalar seu negócio, garantir mais visibilidade, relevância e receita para seus conteúdos, além de ajudar os pequenos produtores aumentarem sua audiência.

Outra tendência que segue firme para os próximos anos é a produção de conteúdo que reforça o posicionamento de marca e vídeos personalizados para relacionamento com o consumidor. Diferentemente do que víamos antigamente, em que o carro chefe das empresas era o conteúdo institucional, hoje, muito mais do que produzir e reproduzir um discurso pronto, que não entrega proposta de valor, é preciso escutar e entregar algo que seja relevante para a sua audiência.

Você já ouviu falar em realidade virtual e aumentada? Já pensou utilizar essas duas tecnologias junto aos vídeos online para levar a experiência do usuário a outro patamar? Esse tópico vem sendo muito discutido por profissionais do setor. De acordo com a consultoria IDC, empresa especializada em inteligência de mercado, as receitas mundiais de realidade virtual e aumentada vão crescer a um índice maior que 100% ao ano até 2021. Vale a pena prestar atenção nesse movimento.

Vejo o mercado de vídeos online muito mais evoluído e munido de inovações, plataformas e tendências.  Por isso, acredito que reservar um budget somente para investir no mercado de streaming é essencial para quem deseja gerar uma mensagem personalizada, engajadora, capaz de gerar receita e resultados duradouros.

Por fim, as tendências estão por todo lado e é preciso acompanhá-las, mesmo que de longe, e antecipar-se a elas. Por isso, não deixe de estudar o mercado que seu negócio está inserido e avalie sempre todas as transformações. O bom empreendedor é aquele que não tem medo de investir no novo. Pense nisso!

PUBLICIDADE
COMPARTILHAR
mm
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, já atuou em editoras do Grupo Abril, assessoria e marketing digital. Atualmente é Coord. de Jornalismo e Editora da revista e portal ABC da Comunicação.